"Busque a Reabilitação e Empenhe-se Por Ela!"

Clínica de Recuperação Habepi - O Caminho da Recuperação!

Aceitamos Alguns Planos de Saúde. Consulte-Nos!

Tratamento

Suas Fases

Acolhimento do Paciente O dependente químico e o dependente alcolista sentem-se extremamente só e isolados socialmente, precisando urgentemente de um apoio emocional de profissionais que o compreendam, o aceitem e acreditem em sua recuperação ou a reabilitação. O acolhimento preenche esta carência dando esperanças e energia positiva contra o desamparo e a falta de ânimo que é tão comum no começo do tratamento para a dependência química. Na instituição Habepi inclue-se a anamnese, a integração com o grupo e um cuidado mais cauteloso a respeito da integração e adaptação do recém-chegado à dinâmica da comunidade.

Tratamento da Desintoxicação Após o acolhimento do dependente do álcool ou do dependente químico, de maneira coordenada, segue -se o período de desintoxicação no qual nossos profissionais pacientemente administram as crises de abstinência, bem como, sua adesão ao tratamento. O acompanhamento individual é mais leve e menos contundente, porém mais frequente e efetivo a fim de trazer o residente para o tratamento/conscientização e ajudá-lo a aceitar o apoio necessário para sua permanência. Nesta fase inicial, o residente pode apresentar sintomas de depressão, irritabilidade ou ansiedade – o que pode tornar necessário/inicialmente o emprego de medicamentos de acordo com as orientações do psiquiatra.

Atendimento com Psiquiatra Clínico para Residente Quando Necessário O atendimento psiquiátrico é necessário para o controle da síndrome de abstinência e a diminuição dos sintomas de possíveis comorbidades.
Oferecemos consultas para o residente que necessita inicialmente de uso controlado de medicamentos. Essa consulta é realizada por um psiquiatra especializado na área da dependência química com o objetivo de ter uma melhor qualidade de vida.
Tratamos da parte mental nesta fase, complementando o nível da recuperação que diz respeito ao funcionamento suficientemente saudável do cérebro do residente, equilibrando os agentes químicos responsáveis pela interação das diversas funções cerebrais.do residente, equilibrando os agentes químicos responsáveis pela interação das diversas funções cerebrais.

Atendimento com Psicólogo. Assim como o psiquiatra trata do equilíbrio químico cerebral, o psicólogo tratará, entre outras coisas, do equilíbrio emocional e comportamental do residente. Com técnicas cognitivo-comportamentais, auxiliará o analisando a lidar melhor com suas questões na prática, sugerindo novas soluções e novos olhares a fim de suscitar uma mudança na maneira de enfrentar a vida como ela é sem precisar que recorra ao uso de drogas.
O objetivo do tratamento na Habepi é o de criar novas habilidades no manejo das emoções e na dinâmica das relações do residente com o mundo e consigo próprio.

Programação de Prevenção à Recaída Entre as técnicas e conhecimentos a respeito da doença da dependência química e a dependência alcoólica, temos o programa de prevenção de recaída (PPR).
O tratamento na instituição Habepi, o residente se familiarizará com o conjunto de sinais e sintomas da recaída com o intuito de perceber seus comportamentos e vigiar algumas pequenas atitudes que possam levá-lo a recair.
Aprenderá também os diferentes tipos de recuperação e reabilitação, bem como, desvendar alguns mitos estigmas que, por desconhecimento ou fragilidade nos julgamentos, são comuns de ouvir no âmbito da opinião. Baseado em estudos empíricos, é possível assinalar e identificar alguns comportamentos e gatilhos que podem levar o indivíduo a retornar a usar drogas.

Terapia Racional Emotiva Outra técnica considerada cientificamente efetiva em muitos casos é a terapia racional-emotiva.
O objetivo é treinar a capacidade do indivíduo em lidar com situações em que fortes pressões emocionais possam gerar um descontrole dos impulsos auto-destrutivos como: raiva, medo e vergonha. Trabalha-se o sistema de crenças do indivíduo, procurando transformar seus pensamentos para daí modificar suas emoções e, consequentemente, os comportamentos. Seria uma espécie de mudança de foco ou, se preferir, uma mudança de perspectiva sobre dado contexto.

Avaliação de Conduta e Compreensão do Paciente Sabemos que o processo de recuperação é uma longa jornada, às vezes, com idas e vindas, passos para frente e outros para trás. Por isso, é necessária uma avaliação regular da dinâmica individual do processo de recuperação.
Além dos acompanhamentos psiquiátricos e psicológicos, também oferecemos o trabalho dos monitores e terapeutas que perceberão alguns desvios na conduta do residente dentro de sua individualidade e capacidade, ajudando-o a perceber-se e orientando-o para uma maior compreensão de suas falhas e uma possível adequação de valores e juízos.

Grupos de Autoajuda como A.A. (Alcoólicos Anônimos) e N.A. (Narcóticos Anônimos) Na Habepi ressaltamos a importância dos grupos de Auto-ajuda (NA e AA) para a recuperação contínua.
O trabalho de pares é imprescindível para uma recuperação de qualidade e integral.
Hoje, em São Paulo, podemos contar com centenas de salas espalhadas em todo seu território, tendo como método e abordagem dos 12 passos e que é reconhecida mundialmente como uma das formas eficazes no tratamento da dependência química.
Logo que o residente apresenta uma melhora física e começa a frequentar as reuniões da comunidade, ele é orientado a participar dos grupos anônimos e recebe informações do funcionamento das reuniões , bem como, de sua política de organização.

Preparador Físico – Esportes – Laborterapias – Reeducação Alimentar E, por último mas não menos importante, oferecemos uma gama de atividades físicas ao ar livre como parte do tratamento.
O esporte é uma das áreas muito relevante para a recuperação, manutenção do bem-estar e de uma vida de qualidade. Junto à atividade física com preparador físico, oferecemos uma reeducação alimentar, mantendo as refeições em horários regulares e supervisionadas por uma nutricionista.

Sobre a Doença

A Doença A dependência do álcool e demais substâncias/drogas é dolorosa, o álcool não deixa de ser uma droga poderosa e fatal como ás outras. Ao afetar ou corromper os neurotransmissores (dopamina e noradrenalina) o paciente/dependente químico é submetido ao deplorável mundo da dependência química. Essa dor não se aplica somente ao dependente, todos que convivem podem adoecer. Por isso exige-se á necessidade de um tratamento eficiente.

Tratamento

Tratamento A Habepi o Caminho da Recuperação vai além do termo recuperação / reabilitação, não podemos pensar simplesmente que vamos tratar de pessoas/dependentes químicos adoecidas mas, seres humanos tão importantes e complexos quanto eu e você.
Seja qual for a natureza da dependência química / alcoólica o paciente/dependente não consegue visualizar a dimensão da sua destruição. O tratamento é o melhor caminho, além de controlar os sintomas dos distúrbios psíquicos, o paciente conta com uma relação de terapias diárias.
A dependência química / alcoólica é uma doença controlável, ou seja é possível viver uma vida limpa sem as substâncias / drogas / álcool através de um trabalho terapêutico eficiente com amor, paciência e bondade.
​A finalidade do nosso tratamento não é apenas desintoxicar, é reabilitar os padrões morais e mentais que entram em colapso e oferecer ao paciente uma vida significativa limpa sem o uso da dependência química / alcoólica dependente, todos que convivem podem adoecer. Por isso exige-se á necessidade de um tratamento eficiente.

Internação

Internação A internação é fundamental quando todas as formas possíveis foram realizadas, seja conversa, ambulatório, grupo de ajuda, entre outras.
Por mais que o dependente queira ou não receber ajuda, não desconsidere que a dependência química / alcoólica altera o lado biopsicossocial (vida, social, espiritual) o mesmo necessita de uma intervenção para desintoxicar e renovar a sua personalidade.
É de suma responsabilidade da Habepi o Caminho da Recuperação manter a integridade do paciente bem como dos demais em recuperação, proporcionar uma abordagem amorosa, sem nenhum tipo de agressão física, verbal ou moral.